26 de janeiro de 2012

Tá na mão



Quando escrevi "Igreja entre aspas", não imaginava que viria um dia a ser um livro desses de papel, com capa bacana e publicado por uma editora de verdade. O máximo que pude imaginar, e isso só quando já estava quase pronto, foi deixar um PDF para download no blog. Digo isso porque me senti impelido a esclarecer que antes de tudo e de todos, escrevi o livro pra mim mesmo. Não imaginei diante de mim um público leitor, nem dirigi meus pensamentos à esse leitor hipotético. O texto todo é fruto de uma peregrinação trôpega na corda bamba de uma fé perdigueira. Um farejamento existencial de um cão sarnento tentando voltar pra casa.

O resultado, no entanto, está agora à disposição pela via tradicional do volume impresso. Vi ontem, pela primeira vez, o livro pronto. Vamos ver se agora consigo escrever sobre outro assunto, que essa história de livro já está ficando saturada aqui na Trilha.

E agora que está pronto, deixe um autor feliz e compre seu exemplar no site da Editora. Se for aqui de Blumenau, pode conseguir um na livraria União Cristã, ali no centro, Rua Curt Hering 161, atrás do Shopping H.

ATUALIZAÇÃO: Também à venda nas livrarias Curitiba e Catarinense.

9 comentários:

  1. E quem mora fora... ?

    ResponderExcluir
  2. Roger, quem mora fora baba de inveja... eu já comprei o meu!!!!
    Tuco, prepare-se porque serei um leitor cruel!!!
    Abs, sucesso e parabéns!!!

    ResponderExcluir
  3. Quem mora fora compra pela editora! Já vou receber o meu logo, logo! Parabéns, Tuco! Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Roger. Tente contato com a Editora pra ver se eles não tem algum esquema de envio pra Alemanha. Derrepente eles conseguem viabilizar algo. Se não der lá, me mande um email que pensamos em algo.

    ResponderExcluir
  5. Rubinho e Sheila, obrigado.

    ResponderExcluir
  6. Ah, o meu chegou segunda e to lendo tão vorazmente que acabo até sexta. Muito Bom!!!

    ResponderExcluir
  7. Legal Diana. Obrigado pelo comentário.

    ResponderExcluir
  8. Tuco, ao terminar de ler seu livro agradeci a Deus pelo fôlego de esperança na Igreja. Valeu por me ajudar a "re"significa-la.

    ResponderExcluir
  9. Legal Beatriz.
    Obrigado por me contar :).

    ResponderExcluir