Sobre

Trilha é caminho estreito, irregular.
Tem de todo tamanho, é claro.
Mas a que me refiro não é percurso de fim de semana.
É extensa e extenuante jornada.
É peregrinação.
É trajeto sinuoso.
Sinuoso nos dois eixos.
É caminho pedregoso que vara espinheiros secos.
Mas é bonito, o infeliz.
A brisa que sopra, o cheiro do mato, a passarinhada.
As bicas d'água e as cachoeiras.
A lua nascendo num mar de nuvens em cumes de montanhas.
Tem o horizonte...
Rapaz, o horizonte.
A última linha fina que se vê é sedutora e insinuante.
Apavora, mas sussurra o canto das sereias.
Tem mosquito, eu sei.
Cansa, como não.
Tem o sol fritando miolos.
O frio e as tempestades.
É perigosa, é incerta, é difícil de achar.
Se esconde entre rios e vales e floresta densa.
E ali ao lado passa o asfalto.
A linha nova do metrô.
Tem um carro me esperando.
Ônibus leito.
Às favas.
Quero o suor do caminho estreito.
E a brisa que sopra lá.

-----------------

O blog é carta topográfica que vou rabiscando pra marcar o trajeto que traço no caminho sinuoso que leva de volta pra casa.



-----------------

Veja também:
Um próximo passo
Ter, pertencer e ir
Entrevista

Mais trilhas:
Jornada
Trilha
A trilha

0 comentários:

Postar um comentário