Livros dA Trilha

MEIA CORDA - E outras incríveis histórias medíocres de montanha
O título é um tratado filosófico de botequim (e isso é, obviamente, um elogio). O conteúdo é descontraído, leve, engraçado, emocionante e desafiador. Pelo menos é o que dizem os leitores. Você não precisa ser um aventureiro intrépido para ler esse livro. Nem para gostar dele. Mas se for vai ser ótimo. Enfim, bom mesmo é adquirir logo o seu e depois me contar o que achou.
IGREJA ENTRE ASPAS
Somos pedra ou gente?

"Se aspas são quatro paredes, nenhuma igreja deveria estar entre elas". É como o Paulo Brabo resume o livro no prefácio. Uma tentativa de demonstrar a confusão que costumamos fazer quando tentamos compreender o que o Novo Testamento quer dizer quando se refere à Igreja. Uma reflexão que não pretende lançar o leitor para fora da Igreja, mas lançar a Igreja para fora das paredes que a deixam doente, pálida, fraca e esquisita. Um livro, no mínimo, provocante. Compre aqui.
O VIOLINO MÁGICO
E se, num canto empoeirado de um quarto esquecido, houvesse um antigo violino mágico? E se a menina que o encontrou dançasse o arco do violino pelas suas cordas? O livrinho virtual que escrevi, ilustrado pelo Guilherme Karsten, me rendeu a homenagem mais bonitinha que já recebi de um desconhecido. Leia agora mesmo, de graça.

DEZ - Coleção Caderno de Autoria, SESC
Dez autores do Vale o Itajaí participam dessa publicação coletiva promovida pelo SESC através do projeto Caderno de Autoria.
"O nascimento é uma despedida tão solene quanto a morte" é a citação de Chesterton que abre o bloco intitulado Três Mortes, composto por 3 contos de Tuco Egg. O livro não pode ser comprado em lugar algum, mas deve constar nas prateleiras das bibliotecas do SESC espalhadas pelo país. Os contos, no entanto, podem ser lidos aqui mesmo no blog.
Sepultamento - Fétido - Uma vida no mar 
BIOGRAFIA DE STELLINHA EGG E GAYA
O Museu da Imagem e do Som (MIS) de Curitiba publicou uma biografia extraordinária de uma das grandes vozes que o Brasil já teve que, coincidentemente, era minha tia avó. Digitalizei e disponibilizei o PDF aqui. E você ainda pode encontrar muito mais sobre Stellinha Egg aqui mesmo nA Trilha. A biografia é só baixar aqui. Abaixo, trecho de entrevista concedida a Aramis Millarch em 1990.
O GRANDE INQUISIDOR
Dostoievsky é o cara, não preciso explicar porque. A sua obra prima Irmãos Karamazóvi é recheada de uma variedade enorme de trechos belíssimos, mas nada se compara, na minha opinião, com o desconcertante diálogo que acontece no sonho narrado por Ivan Karamazóv. Li esse livro enquanto escrevia o meu "Igreja entre aspas", e quase caí de costas quando descobri que o mestre russo já havia dito tudo que eu tentava dizer. Não resisti. Digitalizei o capítulo "O Grande Inquisidor" e formatei em um PDF imperdível. Baixe e leia.

0 comentários:

Postar um comentário