25 de outubro de 2016

Que a desgraça graceje

Um comentário:

  1. Anônimo11:50 AM

    Olá Tuco, bom dia. Gostaria de saber se você já fez a sua parte na graça em favor dos pobres (tal qual o seu mendigo falecido que lhe rendeu algumas lágrimas de remorso), talvez doando a totalidade do salário à causa e enfim vivendo sob a graça da pobreza que liberta os cativos do capital opressor.

    ResponderExcluir