31 de outubro de 2011

Motivo

Tem gente que foge do choro
Quer viver a vida na boa
Eu já não consigo mais
Ouço um choro, corro atrás
E choro junto
Um choro que escorre à toa

Se querem saber o motivo
Da dor que fustiga a pessoa
Eu já mudo de assunto
Pois uma lágrima que faz
Chorar sem saber porquê
É choro compadecido
De lágrima companheira
Rola aqui como pinga lá
O porquê outra hora se vê

Um comentário:

  1. Minha mãe adorou!!! O porquê, outra hora se vê...

    ResponderExcluir