29 de dezembro de 2008

Resgates compulsórios [5]

Incríveis histórias medíocres de montanha – a série

18.

No princípio, parecia bêbado. Andava cambaleante, trôpego, com os braços soltos, balançando loucamente conforme o corpo se deslocava aos trancos pela trilha íngreme. Conforme nos aproximávamos, pude perceber manchas de sangue na camisa. Olhei desconfiado. O rapaz caminhava convicto, sem considerar nossa presença. Não levava nada consigo. Mochila, bolsa, sacola, pochete; nada. Seguia de mãos vazias, sem olhar para trás. Perguntei gentilmente se estava tudo bem, se precisava de alguma ajuda, e ele parou. Virou lentamente, fora do prumo, com o tronco arqueado para esquerda. Quando me olhou de frente, vi o buraco pouco acima da testa, e o sangue escorrido pelo rosto e pela camisa. Me olhou com um olhar de peixe, absolutamente indiferente, assustadoramente inexpressivo, e respondeu calmamente:

- Está tudo bem.

- Rapaz. Você não está bem não. Está sangrando. Tem uma baita machucado na cabeça!

Ele olhou para si mesmo com espanto, tateou a cabeça desconfiado, sentiu a ferida, olhou o sangue na mão, franziu a testa pensativo e focalizou o infinito com os olhos por alguns segundos. Depois, virou-se calmamente para frente e seguiu caminhando cambaleante. Desci ao lado dele o tempo todo, conversando e apoiando seu corpo trôpego. Aos poucos foi colocando a cabeça em ordem. Lembrou do tombo e reconheceu assustado que estava machucado e precisava de ajuda. Acompanhei o rapaz até sua casa, no Bairro Alto. Prometeu que dali seguiria para o pronto socorro com seu pai. Despediu-se agradecido e nunca mais o vi.

_____

Acompanhe:
Incríveis histórias medíocres de montanha – a série
1. Apresentação
2. O menino de asas
3. Queda livre

4. Às vezes falha
5. O Raio que o parta
6. Sopão
7. Cadê o caroço
8. Do piso ao teto
9. A chave da terra de Malboro
10. Meia lua inteira
11. Gênesis
12. Macacos me mordam
13. O Eterno
14. Resgates compulsórios 1

15. Resgates compulsórios 2
16. Resgates compulsórios 3
17. Resgates compulsórios 4
18. Resgates compulsórios 5

2 comentários:

  1. Tomara tenha ido mesmo para o pronto socorro... corria perigo de morte!

    ResponderExcluir